Brasil: cine Iberoamericano en Ceará

678

Os atores Chico Diaze Dira Paes serão homenageados no26º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, que será realizado entre 16 a 22 de junho. Neste ano, completam-se duas décadas da participação da dupla no filmeCorisco & Dadá, dirigido pelo cineasta cearense Rosemberg Cariry e filmado na região do Cariri, região sul do Estado.

Chico receberá a homenagem na noite de abertura do festival, no dia 16, no Cineteatro São luiz. Já Dira será homenageada no dia 19, no mesmo local. Protagonistas do filme de Rosemberg Cariry, os atores foram premiados na época, nos Festivais de Brasília e de Gramado, nas categorias de melhor atriz e melhor ator.

A parceria entre Diaz e Cariry rendeu ainda outros dois filmes: Os Pobres Diabos e Lua Cambará: Nas Escadarias do Palácio.

A 26ª edição do Cine Ceará também fará uma homenagem ao cinema mexicano, país onde Chico nasceu. O festival terá uma mostra com 14 filmes do México. Todos os anos um país é homenageado, assim como profissionais do cinema.

Em 2015, o diretor Cacá Diegues e a atriz Leandra Leal foram os homenageados. A mostra especial do ano passado homenageou o cinema espanhol.

Publicado en O Povo

 

México em cartaz

Mistério é o tema que amarra e percorre as 22 produções exibidas a partir de hoje na Mostra de Cinema Mexicano. Ou melhor, as diversas formas que o mistério pode tomar no cinema. “É o que a gente não consegue explicar”, define Pablo Arellano, curador do evento. Serão 13 dias de Mostra, em cartaz na Caixa Cultural de Fortaleza, antecipando parte da programação da 26ª edição do Cine Ceará, que acontecerá entre os dias 16 e 22 deste mês. Arellano também foi curador da Mostra Novo Cinema Espanhol, realizada ano passado em formato semelhante, compondo a programação que antecedeu o festival. As mostras são parte das homenagens feitas pelo evento, a partir da escolha de uma temática relacionada ao cinema iberoamericano.

 

Na agenda deste ano, filmes premiados em grandes festivais internacionais, diretores e atores já consagrados nas telas, além de novos cineastas que estão circulando em eventos México afora. “Fizemos uma seleção muito forte de trabalhos mexicanos. Trabalhos que estão no mundo dos festivais e experimentam desde o documentário até a ficção”, conta o madrilenho. A Mostra começará antes do Cine Ceará, mas terá encerramento durante o festival, em 19 de junho.

 

Programação

La maldad, de Joshua Gil, irá abrir a programação da mostra, às 16 horas de hoje. Lançado em fevereiro de 2015, o filme narra os dias de um homem que resolve contar a própria história por meio de doze canções. “É um filme muito austero, muito duro, muito cru”, define o curador. Encerrando o festival, no dia 19, será exibido Post Tenebras Lux, de Carlos Reygadas. “Ele mostra o pior lado do ser humano”, resume Pablo.

Figuras mais conhecidas pelo grande público também estarão em cartaz. É o caso de Amores Brutos (2000), dirigido por Alejandro González Iñárritu, que traz Gael Garcia Bernal no elenco. O cineasta venceu o Oscar 2016 de direção pelo filme O Regresso, após ter ficado em primeiro lugar na mesma categoria no ano passado com Birdman. O Regresso também rendeu estatueta de melhor ator para Leonardo Di Caprio.

Dentro da programação, lembra Pablo, haverá ainda filmes selecionados em dois segmentos: retrospectiva e sessões especiais. As retrospectivas irão exibir obras de dois diretores premiados. Um deles é Amat Escalante, eleito melhor diretor no Festival de Cannes de 2013 com o filme Heli. O trabalho será exibido na Mostra junto a outras duas obras assinadas por ele: Sangre e Los Bastardos. Carlos Reygadas é o segundo diretor que terá suas películas na retrospectiva, com Japón, Batalla en el Cielo, Post Tenebras Lux e Luz Silenciosa (exibido na Mostra Competitiva do 18° Cine Ceará em 2008, quando foi premiado nas categorias melhor diretor, melhor fotografia e melhor som).

Já as sessões especiais irão exibir filmes de dois diretores consagrados na história do cinema mexicano e um cineasta da nova geração premiado com o primeiro longa. Na programação, El Ángel Exterminador (Luis Buñuel), além de La calle de la amargura (Arturo Ripstein). A sessão do segundo filme será compartilhada com a de 600 Millas, primeira obras assinada pelo seu filho, Gabriel Ripstein. A Mostra, portanto, apresenta um painel que traz nomes do passado, do presente e dos que estão construindo uma perspectiva futura para o cinema mexicano.

Publicado en O Povo

 

México presente en Brasil

Luis Buñuel, Arturo Ripstein, Carlos Reygadas y Amat Escalante son tan solo algunos cineastas que serán homenajeados en el Festival Iberoamericano de Cine de Ceará, que se realizará del 16 al 22 de junio en la ciudad de Fortaleza, Brasil.Y es que México será el país invitado del certamen

La muestra de cintas mexicanas se llevará a cabo del 7 al 19 de junio, previo al festival, y reunirá más de 20 filmes nacionales de producción reciente, ganadores en prestigiosos festivales internacionales y aclamados por la crítica.

Durante 13 días, también se disfrutará, de manera gratuita, de lo  mejor de las nuevas voces del cine mexicano, con filmes como “La maldad”, de Joshua Gil; “AlexFilm” y “Las letras”, ambos de Pablo Chavarría; “Historias de dos que soñaron”, de Nicolás Pereda y Andrea Bussman; “Te prometo anarquía”, de Julio Hernández Cordón, y “Tempestad”, de Tatiana Huezo.

Así como “Mañana psicotrópica”, de AlexandroAldrete; “Amores perros”, de Alejandro González Iñárritu; “Matar extraños”, de Nicolás Pereda y Jacob SecherSchulsinger, y “Los muertos”, de Santiago Mohar.

Asimismo, el festival ha organizado un par de retrospectivas a dos de los cineastas más reconocidos a nivel internacional: Carlos Reygadas y Amat Escalante

De esta forma, el festival pretende brindar un espacio importante a los realizadores mexicanos que han marcado la historia del cine nacional.

Publicado en Punto Crítico

Programação

Terça-Feira – 07/06 16h La Maldad, de Joshua Gil (82 min. Ficção. México. 16 anos) 19h Luz Silenciosa – Retrospectiva Carlos Reygadas (142 min. Ficção. México/França/Holanda. 14 anos)

Quarta-Feira – 08/06 16h AlexFilm, de Pablo Chavarría (60 min. Experimental. México. 16 anos) 19h Japón – Retrospectiva Carlos Reygadas (130 min. Ficção. México. 18 anos)

Quinta-Feira – 09/06 16h Los Muertos, de Santiago Mohar (89 min. Ficção. México. 16 anos) 19h Historias de que soñaron, de Nicolás Pereda y Andrea Bussman (85 min. Documentario. México.14 anos)

Sexta-Feira – 10/06 16h Tempestad, de Tatiana Huezo (105 min. Documentario. México. 14 anos) 19h Mañana Psicotrópica, de Alexandro Aldrete (90 min. Ficção. México. 18 anos) Sábado- 11/06 14h Los Bastardos – Retrospectiva Amat Escalante (90 min. Ficção. México. 18 anos) 16h Batalla en el Cielo – Retrospectiva Carlos Reygadas (98 min. Ficção. México. 18 anos) 19h Eisenstein in Guanajuato, de Peter Greenaway (105 min. Ficção. Holanda/México/Finlândia/ Bélgica/França. 18 anos)

Domingo – 12/ 06 14h Sangre – Retrospectiva Amat Escalante (90 min. Ficção. México. 18 anos) 16h Las Letras, de Pablo Chavarría (77 min. Documentário. México. 16 anos) 19h Sessão Especial: El Ángel Exterminador, de Luis Buñuel (95 min, Ficção. México. 16 anos)

Terça-Feira – 14/06 16h Amores Perros, de Alejandro González Iñárritu (155 min. Ficção. México. 18 anos) 19h Matar Extraños. de Nicolás Pereda e Jacob Secher Schulsinger (63 min. Ficção. México. 16 anos)

Quarta-Feira – 15/ 06 Sessões Especiais: 16h La Calle de la Amargura, de Arturo Ripstein (99 min. Ficção. México, Espanha. 16 anos) 19h 600 Millas, de Gabriel Ripstein (85 min. Ficção. México. 16 anos)

Quinta-Feira – 16/ 06 14h Lucifer, de Gust Van den Berghe (110 min. Ficção. México/Bélgica. 16 anos) 16h MASTER CLASS com Janaina Marques Sexta-Feira – 17/ 06 14h Heli – Retrospectiva Amat Escalante (105 min. Ficção. México/- França/Alemanha/Holanda. 18 anos) 16h MASTER CLASS com Lucas Coelho

Sábado – 18/06 14h Te Prometo Anarquía, de Julio Hernández Cordón (90 min. Ficção. México/Alemanha/Guatemala. 16 anos) 16h MASTER CLASS com Rubén Imaz

Domingo – 19/06 14h Post Tenebras Lux – Retrospectiva Carlos Reygadas (120 min. Ficção. México. 18 anos) 16h MASTER CLASS com Jorge Yglesias e Yulene Olaizola Serviço: Teatro: Mostra Cinema Mexicano Contemporâneo Local: CAIXA Cultural Fortaleza Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema Data: 7 a 19 de junho de 2016

Publicado en Cine Ceara
También podría gustarte