IYÁ

288

IYÁ’s: festival de artes apresenta o protagonismo das mulheres negras

Evento tem como objetivo impulsionar o protagonismo de mulheres negras

Entre os dias 11 e 27 de novembro, acontece o Festival de Arte de Mulheres Negras, criado para acolher poéticas, estéticas, narrativas e impulsionar o protagonismo de mulheres negras. Em sua primeira edição, o IYÁ’s contará com cinco espetáculos que representam experiências femininas. O público poderá assistir: Rosas Negras (Fabíola Nansurê), A Reza (Andréia Fábia), Sobejo (Eddy Veríssimo),  Ojú Òbe (Sanara Rocha) e VI (elas) – Inah Irenan. As apresentações trazem, em suas narrativas, “ramificações da violência, autoimagem, feituras de cabeça e cuidados com o Ori”.

O festival acontece no Teatro Gamboa On-line, em cumprimento às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) diante da pandemia do novo coronavírus, para prevenir o público e o elenco dos riscos da covid-19.

Além disso, a programação contará também com mesas temáticas para promover discussões sobre feituras femininas, abordando poéticas, estéticas, trajetórias de mulheres negras insurgentes e Teatro de Guerrilha com os atravessamentos da militância. As mesas serão exibidas no canal Estudos em Teatro Negro (em plataforma de transmissão de vídeo).

A organização do festival está realizando uma vaquinha on-line, e divulgou a programação completa. A abertura do festival será às 19 horas, com o tema «Teatro de Guerrilha e Protagonismo Feminino Negro», com mediação de Juliana Monique, vai contar com as contribuições de Denise Carrascosa, Andréia Fábia e Eddy Veríssimo.

Serviço:
O quê: Festival IYÁ’s – Festival de Arte de Mulheres Negras
Quando: de 11 a 27 de novembro de 2020
Onde: Teatro Gamboa On-line e Plataforma de vídeo
Quanto: Espetáculos – R$ 20 inteira; R$ 10 meia / Mesas – gratuitas

Brasil de Fato

 

También podría gustarte